top of page

PENHA - CONSTRUÇÃO CIVIL E PODER PÚBLICO COM FOCO NO DESENVOLVIMENTO

Focado no desenvolvimento socioeconômico das cidades onde atua, o Sinduscon da Foz do Rio Itajaí participou de importante reunião com o Poder Executivo de Penha em junho.

Imagem de Gerd Altmann por Pixabay


O encontro reuniu empresários do setor da construção civil que atuam na cidade e teve por objetivo inicial estreitar o relacionamento entre iniciativa privada e poder público com vistas à realização de trabalhos em parceria, fomentando o setor, a geração de empregos, o desenvolvimento urbano e o aquecimento econômico. Também marcou presença no encontro o presidente da Associação Empresarial de Penha (Acipen), Cionei Zanotti.


Esta foi a primeira reunião entre o setor e a prefeitura local e foi comandada pelo vice-presidente do Sinduscon para Penha e Balneário Piçarras, empresário Verner Dietterle. Além dos empresários, estiveram presentes o prefeito de Penha, Aquiles José Schneider da Costa, o secretário de Planejamento, Maurílio Duarte, o secretário de Administração, Eduardo Bueno, e o secretário do Meio Ambiente, Everaldo Francisco.


O vice-presidente Dietterle explica que o encontro foi bastante proveitoso e construtivo, evidenciando a importância da proximidade entre iniciativa privada e poder público na busca constante do planejamento e desenvolvimento da cidade. “Ajustes de processos na análise e liberação de licenças e alvarás foram pautadas, bem como a disposição de participação nas discussões de revisão do plano diretor e código de obras”, completa. A reunião, que ocorreu dia 23 de julho, foi o primeiro de uma série de futuros encontros que devem ocorrer nas próximas semanas. “Abrimos um canal de conversas muito promissor e franco entre poder público e setor construtivo, intermediado pelo Sinduscon e Acipen”, completa Dietterle, enaltecendo a receptividade com que o grupo foi recebido pelo prefeito, que demonstrou disposição para unir forças e construir uma Penha ainda melhor e mais atrativa a todos.



EXPANSÃO


A construção civil em Penha vem demonstrando crescimento expressivo ao longo do tempo. Em 2020, o setor fechou o ano com estoque de 252 empregos formais e saldo de 30 vagas (diferença entre contratados e demitidos). Já em 2021, o estoque saltou para 536 empregos, representando aumento de 112,7% no número de profissionais ligados formalmente ao setor (CLT). O saldo também cresceu exponencialmente de 2020 para 2021 na construção de Penha, passando de 30 vagas para 284 vagas – aumento de cerca de 850%. Nos primeiros cinco meses deste ano, o estoque já está em 568 empregos, apontando para crescimento de 6%.

15 visualizações

Comments


WHATSAPP XX1.png
bottom of page