top of page

Verticalização e valorização econômica impulsiona indústria da construção civil de Itajaí


Créditos / foto: Secom/Prefeitura de Itajaí


A indústria da construção civil em Itajaí, cidade que completa 164 anos de fundação, vive um momento de crescimento impulsionada pelo acelerado desenvolvimento urbano e pela valorização do metro quadrado. Segundo o Sindicato da Indústria da Construção Civil de Itajaí e Região (Sinduscon), o valor médio do metro quadrado em imóveis residenciais na região central da cidade gira em torno de R$ 12.797 (Brian Inteligência Estratégia).


Itajaí também se destaca como um município em pleno desenvolvimento, com um crescimento populacional bem acima da média tanto nacional quanto estadual. De 2010 a 2024, a cidade apresentou um índice de crescimento médio anual de 2,9%, enquanto o Brasil registrou apenas 0,5% e Santa Catarina, 1,6%.

Esse crescimento se reflete também no aumento do número de domicílios, que em Itajaí foi de 3,8% no mesmo período. No estado, esse índice ficou em 2,7% e no país, 1,8%. Os dados, provenientes do IBGE e elaborados pela Brain, comprovam o dinamismo de Itajaí, que se consolida como um dos principais polos de desenvolvimento de Santa Catarina.


A verticalização também desempenha um papel importante. Com a alta demanda por moradia, especialmente na região central e na orla marítima, a construção de edifícios verticais se torna uma alternativa para otimizar o uso do solo. Para atender a esta demanda, o poder público e privado tem investido em melhorias na infraestrutura da cidade, como transporte público, saneamento básico e áreas verdes, tornando Itajaí ainda mais atrativa para moradores e empresas.


Novos empreendimentos comerciais, residenciais e turísticos também contribuem para o desenvolvimento local e a modernização da cidade. Nesse sentido, o Sinduscon desempenha um papel fundamental ao representar os interesses dos profissionais da construção civil, promovendo a ética e a responsabilidade social das empresas, além de manter um diálogo aberto com o poder público.


Em resposta à alta demanda por moradia, as empresas investem em diferentes tipos de imóveis, desde populares até residenciais de alto padrão, home clubs e unidades compactas, atendendo às diversas necessidades da população. Esse cenário positivo reflete o progresso contínuo de Itajaí e sua importância como centro econômico e de desenvolvimento regional.


Quarta cidade mais populosa de Santa Catarina, Itajaí conforme o presidente do Sinduscon, o  engenheiro Fábio Inthurn,  está se consolidando como um polo atrativo para novos moradores em busca de oportunidades e qualidade de vida. Além disso, a região de Itajaí é reconhecida como uma das mais valorizadas do país. “Seu destaque como importante centro econômico impulsiona o desenvolvimento regional, com o setor da construção civil desempenhando um papel fundamental no progresso da cidade. Além de gerar empregos e renda, contribui significativamente para a infraestrutura local”, disse.


O presidente do Sinduscon, explica que ao mesmo tempo que a cidade cresce e ganha projeção nacional, a indústria da construção civil se organiza intensamente para viabilizar projetos que possam atender a alta demanda proveniente do processo de migração. Estes novos grupos vêm para Itajaí em busca de oportunidade de trabalho e qualidade de vida.


 “Em paralelo a isto, o setor vem investindo em diferentes esferas da habitação, desde residências populares até os imóveis de alto padrão. Temos que ser capazes de atender a todos, de acordo com suas necessidades e preferências”, explica.

 

 

 Qualidade de vida, economia e logística em destaque

 

 

Qualidade de Vida: Itajaí oferece um ambiente propício para uma vida equilibrada. Com praias próximas e indicadores positivos em educação e saúde, atrai tanto moradores quanto investidores.

Economia Pujante: A economia local é dinâmica e diversificada. Setores como a construção civil, comércio exterior e logística contribuem para o desenvolvimento contínuo da região.

Logística Estratégica: Itajaí possui fácil acesso rodoviário, portuário e aeroportuário. Essa infraestrutura logística atrai empresas e investidores interessados em operações eficientes.


Fonte: Buriti Jornalistas

251 visualizações

Σχόλια


WHATSAPP XX1.png
bottom of page